quarta-feira, 19 de setembro de 2007

Sê!

Se não puderes ser um pinheiro, no topo de uma colina,
Sê um arbusto no vale mas sê
O melhor arbusto à margem do regato.
Sê um ramo, se não puderes ser uma árvore.
Se não puderes ser uma ramo, sê um pouco de relva
E dá alegria a algum caminho.

Se não puderes ser uma estrada,
Sê apenas uma senda,
Se não puderes ser o Sol, sê uma estrela.
Não é pelo tamanho que terás êxito ou fracasso...
Mas sê o melhor no que quer que sejas.


Pablo Neruda...

4 comentários:

Patrícia20 disse...

Mas sê o melhor no que quer que sejas..

axo k nos diz mt...

bc23 disse...

Parabéns.
O Krónikas Feirenses acaba de te nomear como blog de 5 estrelas.
Continua com o excelente trabalho.

Frequência Jovem disse...

Patrícia, não posso deixar de concordar contigo, o pior é que nem sempre nos lembrmos disso ou temos a coragem suficiente de lutar por isso...

bc23, tal como já fiz no blog Krónikas Feirenses, agradeço a nomeação, espero que o trabalho do Frequencia Jovem te continue a agradar a ti e aos restantes visitantes! Obrigada!|

yaleo disse...

Magnífico, simplesmente magnífico...
Sê tu mesmo e saberás que és o melhor que de ti conseguiste mas Sê-lo mesmo.