segunda-feira, 10 de setembro de 2007

VMA 2007 (2)

E as férias permitem estas coisas: ver muuito tarde os MTV Video Music Awards 2007! E agora pergunto-me: para quê? Foi previsível, cheio de intervalos (na televisão claro), a cortarem actuações (que prometiam ser as melhores), com os maneirismos MTV todos, com hip-hop até sufocar e nada que nos prendesse ao ecrã! Talvez a esperança que melhores momentos viriam, mas não! Ora então, como convém, comecemos pelo início: à uma da manhã começou aquilo a que chamam pré-show, um desfilar de futilidades que pouco ou nada acrescenta ao espectáculo! Daí, apenas retirei logo que a actuação da noite era de Britney Spears. É verdade, a unanimidade era tal que mesmo dos grupos que não se esperava tal ansiedade neste espectáculo, a resposta era afim à pergunta óbvia: "Qual a actuação que mais quer ver?". E antes de vir o tão esperado momento, cá fora, ainda actuou Nicole Scherzinger, a Pussycat Doll que agora se desafiou a solo! Os atributos físicos estão todos lá, mas a música perdeu, e muito! Portanto, até aqui, pouco se viu a não ser sapatos e vestidos (algumas mulheres bonitas é certo). Mas claro, todos sabemos que o Dolce & Gabbana que Paris Hilton vestiu, acrescenta e muito à música mundial! Duas da manhã: acaba o pré-show, inicia-se o show. Ou então não... o momento mais esperado da noite, mais falado na internet, o regresso daquela que proclamam ser a princesa do pop, o espectáculo de que mais informações se tinha: ela ía aparecer e desaparecer, fazer jogos de espelhos, muito ilusionismo, enfim, chegada Britney Spears Las Vegas parou, e todos ficámos supreendidos! Porque ela não só cantou em playback, como, agora, nem sequer tentou disfarçar, e não dançou. Britney Spears mexeu-se apenas... ah e estava muuuuito bonita! Agora a sério: a actuação foi tão má tão má, que até tive dó da moça. Porque ela não cantar, já todos sabíamos, mas pelo menos conseguia sempre dar um bom espectáculo de entretenimento, visualmente arrebatador, mas ontem, absolutamente nada! Está pronta para a reforma... mas será que melhores momentos viriam? Ora, também não era difícil, mas houve poucos!
No palco principal, seguiu-se Chris Brown e Rihanna, numa actuação muito bem ensaida, mas muito pouco musical. O primeiro é um grande bailarino, e a segunda uma cara bonita! Já, bem mais tarde, Alicia Keys mostrou o novo single do seu novo trabalho, e foi um dos poucos momentos da noite, em que se mostrou grande talento, grande voz! Por último, Timbaland e os seus produtos: Justin Timberlake e Nelly Furtado. Convenhamos, no âmbito da música pop, ainda são os melhores, e ofereceram um bom momento de espectáculo ao juntar um pouco das músicas de cada um! A verdade é que é um orgulho português a presença de Nelly Furtado, que Justin Timberlake é um rapaz com talento e Timbalad consegue vender, e isso já é um feito! Fora do palco principal, foi-se fazendo música! Foo Fighters, como esperado, mostraram que são uma grande banda, já os Fall Out Boy, que até gosto, não fizeram jus ao prémio de Melhor Grupo do ano! E houve muitos outros nomes a acutar, mas não me conseguindo lembrar de todos, alguns não se esquecem: Linkin Park e Maroon 5!Boas surpresas! Nos apresentadores, o único momento que por segundos gerou alguma expectativa foi a subida ao palco de Kanye West e 50 Cent, mas nada a destacar! Quanto aos prémios, antes de mais, sou um péssimo vidente, como podem agora constatar na lista dos vencedores e das minhas apostas, mas, enfim, Justin Timberlake venceu em quatro categorias (no mundo pop é merecido), Rihanna em duas com o hit umbrella! E de resto, talvez se destaque o prémio de relevação que foi parar a Gym Class Heroes, e não à esperada Amy Winehouse. Nos prémios não houve injustiças gritantes, mas o espectáculo ficou muito aquém das expectavivas!

5 comentários:

oh! disse...

também fiquei morrendo de dó da britney... parecia que ela não queria estar no palco. o grande comeback já era.: melhor ela procurar outra profissão...

Cláudia Ribeiro disse...

Fiquei boquiaberta a ver a pseudo-actuação da Britney. É que enfim... ela está num mau momento e a lipo-aspiração não chegou :S

Frequência Jovem disse...

LOL Esqueci-me desse pormenor da lipo-aspiração!

Frequência Jovem disse...

LOL Esqueci-me desse pormenor da lipo-aspiração!

W. disse...

Respondendo ao teu comentário aqui, devo dizer que a Sarah é brilhante na forma como aborda as temáticas, e mesmo quando o assunto é facil como a Britney e a Paris, ela tem um twist único que faz qualquer um rir a bandeiras despregadas em vez de sorrir...